Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Direção do IBC dá as boas-vindas às novas contratadas do serviço médico
Início do conteúdo da página
Notícias

Direção do IBC dá as boas-vindas às novas contratadas do serviço médico

Elas começaram hoje o processo de ambientação e preparação para o trabalho que vão realizar a partir da segunda-feira (23).

  • Publicado: Quarta, 18 de Novembro de 2020, 11h21
  • Última atualização em Quarta, 18 de Novembro de 2020, 12h48
Mosaico com 4 fotos. Acima, à esquerda, o diretor-geral do IBC, João Figueiredo,o diretor do DMR, José Tadeu Madeira, o diretor do DED, Luigi Amorim, e o médico Rogério Neuralter, fotografados de costas, se dirigem a um grupo de nove mulheres e dois homens, todos vestidos de forma casual e usando máscaras protetoras de nariz e boca; ao lado, os quatro fotógrafos de frente, juntamente com o médico Abelardo Couto Jr.; abaixo, à esquerda, 8 mulheres posam para foto sentadas em cadeiras escolares, em uma sala com paredes pintadas de verde; ao lado, o grupo de mulheres visita o centro cirúrgico do IBC.
Hoje foi dia de as profissionais conhecerem o ambiente de trabalho.

O diretor-geral do Instituto Benjamin Constant, João Ricardo Melo Figueiredo, recebeu as duas enfermeiras e as quatro técnicas de enfermagem que iniciaram o treinamento hoje, em um pequeno ato oficial realizado no saguão do serviço médico.  Estavam presentes, representando a equipe gestora,  os diretores José Tadeu Madeira, do Departamento de Estudos e Pesquisas Médicas e Reabilitação (DMR), e Luigi Amorim, do Departamento de Educação (DED), além dos médicos Abelardo Couto Júnior e Rogério Neuralter  (o chefe da Divisão de Pesquisa e Atendimento Médico, Odontológico e Nutricional, Eduardo Morizot, já as havia acolhido e dado as orientações iniciais assim que elas chegaram à Instituição logo cedo, pela manhã).

O  ato foi aberto com a mensagem enviada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em que ele resgatou a história do IBC, ressaltando o papel social da instituição pelo amplo atendimento que presta às pessoas cegas e com baixa visão.   Em seguida, o professor João Ricardo deu as boas-vindas às profissionais e fez um rápido retrospecto das dificuldades impostas pela pandemia do Covid-19, assim como do esforço que foi feito por toda equipe gestora para resolver o problema da falta de profissionais de enfermagem, restabelecendo assim, a retomada das atividades dos médicos residentes e, consequentemente, o atendimento médico à população.

O diretor do IBC registrou o empenho do secretário de Ensino Superior do MEC, Wagner Vilas Boas, e da reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Denise Pires de Carvalho, em viabilizarem a sub-rogação do contrato de terceirização ao IBC, tornando possível a contratação das profissionais que estavam faltando no serviço médico.  "Agradecemos também o ministro da Educação Milton Ribeiro por articular esta medida que é emergencial, mas que pretendemos que se estenda para além dos seis meses de vigência máxima deste contrato", completou João, adiantando que já está tratando desse assunto com o MEC. 

A primeira impressão

Todas as seis profissionais que iniciaram hoje o treinamento se mostraram surpresas com a estrutura do serviço médico do IBC, instituição da qual pouco conheciam.  “Sinceramente, eu estou bastante impactada.  Antes de vir aqui hoje, eu pesquisei sobre o Instituto e me emocionei com a história da Instituição, que aliás, todos deviam conhecer.  Sem falar que ambiente é bem legal, com tudo limpinho e cheirosinho”, disse a técnica de enfermagem Márcia Pereira.

A enfermeira Bruna Vasques, com 21 anos de experiência na profissão, na maior parte do tempo em terapia intensiva, também disse estar empolgada em fazer parte da equipe.  “Eu sabia da existência do Instituto, mas não tinha ideia do trabalho realizado aqui.  É uma coisa bastante diferente de tudo o que eu já fiz e acho que vou gostar bastante”, disse.

Já a técnica de enfermagem Roberta Gomes da Silva trabalha há bastante tempo na área da oftalmologia e, como as colegas, também aprovou a estrutura do centro cirúrgico e demais instalações do serviço médico do IBC.  “Nunca havia pensado que um dia eu viria trabalhar aqui.  Já do lado de fora eu achei lindo. Estou adorando”, concluiu.

Amanhã será a vez das outras oito profissionais contratadas receberem as orientações para o novo trabalho. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página