Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > IBC retoma atendimento médico ao público na segunda-feira (23)
Início do conteúdo da página
Notícias

IBC retoma atendimento médico ao público na segunda-feira (23)

A retomada foi possível graças à união de esforços entre a Secretaria de Educação Superior (SESU) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  para que o IBC pudesse contratar enfermeiros e técnicos de enfermagem em caráter emergencial.

  • Publicado: Terça, 17 de Novembro de 2020, 19h28
  • Última atualização em Terça, 17 de Novembro de 2020, 23h44

 Na tarde de ontem (16),  a reitora da UFRJ, Denise Pires de Carvalho, e o diretor-geral do IBC, João Ricardo Melo Figueiredo, assinaram um contrato com a empresa MedPrime, sub-rogado ao Instituto,  para suprir emergencialmente o serviço médico da Instituição dos profissionais de que necessita para que os atendimentos à população sejam retomados. 

A contratação de quatro enfermeiros  e  oito técnicos de enfermagem  põe fim ao impasse que deixou o IBC sem atendimento médico desde o dia 20 de outubro, quando os médicos residentes decidiram paralisar as consultas  até que fossem dadas as condições de eles realizarem as cirurgias já agendadas. 

Os profissionais terceirizados  se apresentarão à Divisão de Pesquisa e Atendimento Médico, Odontológico e Nutricional (DPMO) logo pela manhã para conhecerem o ambiente de trabalho e serem instruídos sobre as rotinas do trabalho que irão desempenhar. 

"Os dois próximos dias serão de treinamento para os profissionais contratados e também de organização do nosso trabalho de identificar as prioridades,  ligar para os nossos pacientes, de retomarmos, enfim, nossa rotina de consultas e cirurgias", explicou o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas Médicas e Reabilitação (DMR), José Tadeu Madeira.  O diretor do DMR ressaltou que os pacientes devem esperar o contato do serviço médico agendando dia e hora para comparecerem ao IBC. 

Quanto às pessoas que desejem marcar novas consultas, José Tadeu pede um pouco mais de paciência.  "Primeiro temos que atender aqueles que já estavam com consultas e cirurgias agendadas.  Somente depois que colocarmos o atendimento em dia abriremos para novas consultas, o que não deverá demorar, pois contamos agora com mais profissionais do que tínhamos antes, exatamente para dar maior celeridade à normalização do serviço", completou.  A orientação do diretor do DMR é para as pessoas  acompanharem as informações sobre a reabertura dos agendamentos na página inicial e/ou na área do atendimento médico do site do IBC. 

O diretor-geral do IBC, João Ricardo Melo Figueiredo, vai pessoalmente receber os novos funcionários tão ansiosamente aguardados.  "Esperamos agora, impormos um ritmo vigoroso nas consultas, cirurgias e demais procedimentos oftalmológicos de modo a zerar nossa demanda reprimida o mais rapidamente possível", declarou. 

João Ricardo registrou o empenho pessoal do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para resolver um problema específico do IBC por ele ser uma instituição que presta um serviço relevante na área da Saúde, sem ser uma unidade de saúde, o que o deixa vulnerável a situações como esta, decorrente da pandemia.

Segundo o diretor-geral, o contrato com a MedPrime tem vigência de três meses, renováveis por mais três. Por isso, ele já está se articulando com o secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas, para que antes do final da renovação do atual contrato já se tenha uma solução definitiva para evitar que o serviço pare, mais uma vez, por falta de profissionais.  "Já temos acertada uma nova reunião em Brasília, mais uma vez com o ministro e com o secretário da SESU exatamente para tratarmos desse assunto o quanto antes", concluiu.

registrado em:
Fim do conteúdo da página