Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > O IBC na prevenção ao COVID-19
Início do conteúdo da página
Notícias

O IBC na prevenção ao COVID-19

Clique na imagem para ler o texto da notícia em formato acessível às pessoas cegas e com baixa visão.

  • Publicado: Sexta, 27 de Março de 2020, 14h28
  • Última atualização em Quarta, 01 de Abril de 2020, 15h54

 

 

AVISO

 

Em função das perspectivas de agravamento do quadro da epidemia de coronavírus, o Comitê Operativo de Emergência do IBC decidiu, hoje (27/3), manter suspensas todas as atividades da Instituição.  A decisão segue as determinações das autoridades de saúde do estado e do município do Rio de Janeiro para as instituições de ensino.

Na reunião, foi decidido também que a direção-geral da Instituição entrará em contato com os donos das empresas prestadoras de serviço para negociar com elas a concessão de férias coletivas para a grande maioria dos funcionários terceirizados, mantendo apenas aqueles cujas funções forem consideradas essenciais durante o período de quarentena. 

O resultado das negociações com os empresários será discutido na próxima reunião do Comitê, marcada para a sexta-feira que vem, dia 3 de abril, quando também será reavaliada a estratégia colocada em prática até o presente momento no Instituto.   

Quantos aos servidores, foi reiterada a determinação do trabalho em casa (home office) e estado de prontidão durante o horário do expediente para atender às demandas dos diretores dos respectivos departamentos.  Durante o período de afastamento, todas as mensagens automáticas de e-mail deverão ser desativadas para que as correspondências eletrônicas sejam devidamente lidas e respondidas por quem as receber.

Mais uma vez, a Direção-Geral do Instituto Benjamin Constant conta com a compreensão e o engajamento de todos os membros da comunidade acadêmica para que, ao fim da quarentena, as atividades da Instituição sejam retomadas da forma mais tranquila possível.

 

João Ricardo Melo Figueiredo
Diretor-geral do IBC

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página