Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cursos de extensão > Técnicas de Leitura e de Escrita no Sistema Braille
Início do conteúdo da página

Técnicas de Leitura e de Escrita no Sistema Braille

Publicado: Quinta, 31 de Agosto de 2017, 14h33 | Última atualização em Terça, 22 de Mai de 2018, 17h11 | Acessos: 3735

Público: Professores ou acadêmicos da área da educação ou profissionais técnicos que atuem ou desejem atuar na área da deficiência visual. Terá prioridade na matrícula o interessado que comprovar que já atua na área.

Ementa: A origem do Sistema Braille e sua importância no processo de emancipação da pessoa com deficiência visual. O instrumental necessário para a escrita em braille. Identificação e representação dos caracteres braille na leitura e escrita de textos. A simbologia matemática. Leitura e transcrição de textos no Sistema Braille.

Objetivo: Propiciar aos participantes conhecimentos do Sistema Braille a serem utilizados na produção braille e apoio a estudantes com deficiência visual.

Importante: A carga horária do curso não contempla o ensino do braille através da leitura tátil.

Carga horária total: 80 horas/aula.

Pré-requisitos:
Para pessoas cegas: prévio domínio da leitura tátil.
Para pessoas com baixa visão: prévio domínio da leitura tátil ou ter acuidade visual suficiente para leitura do braille (ponto e interponto) em relevo; a DCRH não possui recursos ópticos para empréstimo ao cursista.

Nº de vagas: 20

Período do curso: de 16 a 27/07/2018

Horário: de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas.

Período de pré-inscrições: de 16/04 a 18/05/2018

Documentos obrigatórios:
Ficha de pré-inscrição preenchida na íntegra
Documento de identidade.
Certificado de conclusão do Ensino Médio.
Declaração de que atua na área da área da deficiência visual.
Foto 3 x 4 recente 
Obs. Declaração da instituição informando que o interessado neste curso atua na área da deficiência visual: a apresentação deste documento não é obrigatória, mas priorizará a pré-inscrição no curso.

Leitura obrigatória: Orientações gerais para pré-inscrição em cursos/oficinas e outras informações importantes

Alojamento: Será disponibilizado alojamento aos participantes previamente autorizados. Ler o item “Leitura obrigatória”.

Para certificação: Frequência mínima de 75%, média igual ou superior a 6,0 (seis) e entrega à DEA da avaliação de reação/satisfação identificada e preenchida.

Professora: Geni Pinto de Abreu

Breve Currículo:
Pós-graduada no curso “O Processo de Letramento na Alfabetização de Crianças com Cegueira na Educação Infantil e/ou Primeiro Ano do Ensino Fundamental” promovido pelo Instituto Benjamin Constant/Instituto Superior de Educação do Estado do Rio de Janeiro (2012/2014). Graduada em Letras – Português/Literatura pelo Centro Universitário Cidade (2003/2006). Professora Magistério (1º ao 5º anos), no Colégio Estadual Julia Kubistchek (1994/1996). Atuou como professora substituta - Técnicas de Leitura e Escrita no Sistema Braille no programa de Reabilitação do Instituto Benjamin Constant (2007/2009). Desde 2014 é professora concursada no Instituto Benjamim Constant.

Programa:
1. Breve histórico do Sistema Braille.
2. Instrumentos utilizados para a escrita.
3. Alfabeto braille.
4. Sinais exclusivos do Sistema Braille.
5. Transcrição de pequenos textos.
6. Simbologia matemática.
        - Numerais indo-arábicos, ordinais, romanos, decimais e fracionários.
        - Sistema monetário brasileiro.
        - Representação de datas e de telefones.
        - Representação das operações fundamentais.
        - Símbolos unificadores.
        - Conjuntos.
7. Simbologia informática.
8. Leitura de textos sem e com interponto.

Metodologia: Aulas teóricas e práticas. Será utilizado nas atividades de leitura e de escrita, assim como nas avaliações, apenas o sistema braille em relevo.

Avaliação: Trabalhos de leitura e escrita realizados ao longo do curso e duas avaliações (uma de escrita e outra de leitura).

Bibliografia:
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Grafia Braille para a Língua Portuguesa. Brasília: SEESP, 2006.
Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/textosbraile.pdf>.

______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Normas Técnicas para a Produção de Textos em Braille. Brasília: SEESP, 2006.
Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/textosbraile.pdf>.
______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Código Matemático Unificado para a Língua Portuguesa – CMU. Brasília: SEESP, 2006.

Fim do conteúdo da página