Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cursos de extensão > Práticas Educativas Para Uma Vida Independente
Início do conteúdo da página

Práticas Educativas Para Uma Vida Independente

Publicado: Sexta, 25 de Agosto de 2017, 10h23 | Última atualização em Sexta, 18 de Mai de 2018, 17h56 | Acessos: 3115

Público: Professores e acadêmicos da área da Educação.

Ementa: Conceituação de Práticas Educativas para uma Vida Independente (PEVI); importância da vida familiar e comunitária no desenvolvimento social da pessoa com deficiência visual; abordagens metodológicas utilizadas na Educação e experiências práticas visando aspectos funcionais e sociais das PEVIs no processo educacional dos alunos com deficiência visual.

Objetivo: Proporcionar aos participantes técnicas básicas de práticas educativas para uma vida independente contribuindo, assim, na sua atuação para o processo de inclusão educacional e social da pessoa com deficiência visual.

Carga horária total: 40 horas/aula.

Pré-requisitos: Não há.

Nº de vagas: 25

Período do curso: de 08 a 12/01/2018

Horário: de segunda a sexta-feira, das 8 às 16:40 horas.

Período de pré-inscrições: de 09/10 a 10/11/2017

Documentos obrigatórios:
Ficha de pré-inscrição preenchida na íntegra
Documento de identidade.
Certificado de conclusão de curso na área da Educação ou declaração da Instituição de que é aluno regularmente matriculado em curso desta área.
Foto 3 x 4 recente.

Leitura obrigatória: Orientações gerais para pré-inscrição em cursos/oficinas e outras informações importantes

Alojamento: Será disponibilizado alojamento aos participantes previamente autorizados. Ler o item “Leitura obrigatória”.

Para certificação: Frequência mínima de 75%, entrega à DEA da avaliação de reação/satisfação identificada e preenchida.

Atenção: Solicitamos aos cursistas que tragam um pendrive novo, pois a professora disponibilizará vários textos de apoio.

Professora: Elisabeth Ferreira de Jesus.

Breve currículo:
Pedagoga, Pós-graduada em Deficiência Múltipla pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Especialista em Psicomotricidade pelo IBMR Centro Universitário. É professora de PEVI do Instituto Benjamin Constant desde 1985.

Programa:

1. O processo educacional, o aluno com deficiência visual e as Práticas Educativas para uma Vida Independente.
   - A criança com deficiência visual.
   - Conceituação de Educação e PEVI.

2. Estratégias metodológicas.
   - Instalação de novos comportamentos.
   - Como é que a gente aprende.
   - Aspectos funcionais e sociais das PEVIs.
   - Demonstrações práticas em PEVI.
   - As PEVIs e o mundo atual.

3. As PEVIs e a família.

Metodologia: Aulas teóricas e demonstrações práticas.

Avaliação: Não há.

Bibliografia:
1- ALVES, Rubem. A alegria de ensinar. Campinas, SP: Papirus, 2000.
2- ______. Cenas da vida. Campinas, SP: Papirus, 2001.
3- ______. Ao professor, com meu carinho. Campinas, SP: Versus, 2004.
4- BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Deficiência visual: reflexão sobre a prática pedagógica. São Paulo: Laramara, 1997.
5- ______. O desenvolvimento integral do portador de deficiência visual: da intervenção precoce a integração escolar. 2. ed. MS:Plus, 1993.
6- BUSCAGLIA, Leo C. Os deficientes e seus pais. 2. ed. Rio de Janeiro: Record, 1993.
7- GLAT, Rosana; KADLEC, Verena Pamela Seidl. A criança e suas deficiências: metódos e técnicas de atuação pedagógica. Rio de Janeiro: Agir, 1984.
8- GONZALES, Miguel. Você não é uma ilha: dinâmica de grupo. São Paulo: Paulinas, 1993.
9- JOHNSON A JOHNSON. Butantã, SP: JOHNSON A JOHNSON do Brasil Indústria e Comércio de Produtos para saúde Ltda, 2015. Disponível em: < https://www.jnjbrasil.com.br/>. Acesso em: 19 ago. 2015.
10- JESUS, Elisabeth F. Apostila de Atividades da vida diária. Rio de Janeiro:Instituto Benjamin Constant, 1994.
11- MEYER, Ivanise C. R. Brincar e viver: projetos em educação infantil. Rio de Janeiro:Wak, 2003.
12- PANYAN, Marion C. Manipulação do comportamento, modificação de comportamento, novos modos de ensinar habilidades. Tradução de Waldir Bettoi. São Paulo: EPU, 1974. 44p.
13- SINASON, Valerie. Compreendendo seu filho deficiente. Rio de Janeiro: Imago, 1993.
14- WINDHOLZ, Margarida Hofman. Passo a passo, seu caminho. São Paulo: EDICON, 1988.
15- ALBAUT, Corinne. 12 menus para pequenos chefs. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2005.
16- ALEGRIA, João. Come-Come: pais e filhos na cozinha. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.
17- CAVACO, Nora. Minha criança é diferente? Diagnóstico, prevenção e estratégias de intervenção e inclusão das crianças autistas e com necessidades educacionais especiais. Rio de Janeiro: WAK, 2014.
18- KARMEL, Annabel. Minhas receitas prediletas. Tradução de Cynthia Costa. São Paulo: Publifolha, 2010.
19- SALLES, Nenzinha Machado. Sebastiana quebra-galho: um guia pratico para o dia a dia das donas de casa. 7. ed. Rio de Janeiro: BestBolso, 2010.
20- SMALLIN, Donna. Organize-se num minuto: 500 dicas para pôr em ordem sua vida. São Paulo: Gente, 2005.
21- ZATZ, Lia. Adélia Cozinheira. Ilustraçoes de Luise Weiss. 1. ed. São Paulo: WGProduto, 2010.
22- MANUAL de receitas da Magali. São Paulo: Globo: M. de Sousa, 2001. 225p., il. col., 20 cm. ISBN 8525032999 (broch.)

Fim do conteúdo da página