Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Natação do IBC é destaque na 1ª fase do Circuito Caixa de Natação

Nossos atletas faturaram 7 medalhas de ouro, 4 de prata e 1 de bronze em 13 provas disputadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, entre os últimos dias 8 e 10.
  • Publicado: Segunda, 18 de Junho de 2018, 11h13
  • Última atualização em Segunda, 18 de Junho de 2018, 12h12
  • Acessos: 442
Os nadadores Douglas Matera, Maressa Calmon e José Luís Perdigão terminaram a competição com o pescoço carregado de medalhas e a satisfação pelo aproveitamento quase que total obtido nesta primeira etapa deste que é um dos eventos nacionais mais importantes da natação brasileira.  O resultado deixou os dois treinadores do IBC, Caio Mello Moraes e Marcello 
 
De acordo com um dos treinadores que fizeram parte da delegação do IBC, o professor Caio Mello Moraes, os atletas estão progredindo e o sonho de participar de eventos internacionais importantes, como as Paralimpíadas de Tóquio, está cada vez mais perto de ser realizado.  "Esta foi a primeira das três etapas do circuito que teremos neste ano, o que significa que nossos atletas têm ainda muitas oportunidades de alcançar os índices internacionais.  Douglas, por exemplo, recordista brasileiro nos 100 metros costas, está bem perto disso.  Já Maressa, campeã nos jogos universitários, está apenas esperando a resposta da Confederação Brasileira do Desporto Universitário sobre a sua participação nos Jogos Panamericanos Universitários, que vão acontecer no mês que vem, também na capital paulista", informou o treinador. 

De acordo com o técnico, o término da obra de reforma da piscina do Instituto, prometida para meados do mês que vem, vai possibilitar uma intensificação nos treinos.  "Por enquanto os atletas seguem treinando como podem em outras piscinas", informou Caio.  Até a piscina do IBC ser reativada, Douglas Matera segue treinando no Clube Hebraica e Maressa, no Vasco.  Já José Luís, que além de ser atleta do IBC lfaz parte da seleção brasileira de jovens nadadores, mora em São Paulo, onde treina no Centro de Treinamento Paralímpico. 

Resultados das provas:

Douglas:

100 costas - 1'01"12 (ouro e recorde brasileiro)
100 borboleta - 1'01"99 (ouro)
100 livre - 58"75 (prata)
59 livre - 25"92 (prata)
 
Maressa:
100 peito - 2'11"98 (prata)
100 borboleta - 1'45"70 (ouro)
100 livre - 1'33"78 (bronze)
100 costas - 1'52"05 (prata)
400 livre - 6'56"95 (ouro)
 
José Luiz :
100 costas - 1'22"68 (ouro)
50 livre - 28"51 (ouro )
100 livre - 1'06"04 (ouro)
100 borboleta - desqualificado porque o óculos saiu do rosto durante a prova.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página