Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Desfile de blocos marca o Carnaval 2017 do IBC

O Instituto Benjamin Constant realizou hoje sua festa de Carnaval, com a participação de toda a comunidade.

  • Publicado: Quinta, 23 de Fevereiro de 2017, 14h44
  • Última atualização em Quarta, 22 de Março de 2017, 15h31
  • Acessos: 964

Alunos, pais, servidores e funcionários terceirizados trocaram os uniformes e as roupas de trabalho pelas cores e a irreverência das fantasias para saírem no desfile de estreia do bloco O que os olhos não veem o carnaval sente, atraindo a atenção de quem passava pela avenida Pasteur, em frente à escola . 

O bloco não ficou apenas na parte externa da escola, percorrendo os principais corredores, permitindo que as pessoas  que não podiam se juntar a eles também entrassem no clima de festa. 

A  festa também contou com a participação do bloco Pete que eu toco, que executou marchinhas antigas de carnaval, para alegria dos foliões mais velhos sabiam as letras de cor.  Mas o ponto alto da festa foi a execução do samba-enredo vencedor do concurso promovido pelo Departamento de Educação, de autoria do aluno Felipe Alexandre Paes Mello, de 15 anos e aluno do 8º ano e "puxado" pela aluna Juliana Aparecida Ferreira Gonzaga, do 6º ano.  "Eu me sinto muito feliz de estar aqui cantando junto com meus amigos a música feita por mim", disse Felipe emocionado. 

Juliana, empolgadíssima, disse que esse seria o primeiro de muitos desfiles que fará como puxadora  e mandou um recado para os diretores das  principais escolas de samba do País.  "Se os puxadores da União da Ilha, do Salgueiro e da Mangueira saírem, podem me chamar, porque eu dou conta do recado", avisou a aluna.

Segundo a professora Fabiana Rangel Alvarenga, supervisora da Divisão de Ensino, a festa desta quinta-feira é o ponto alto de toda uma programação que envolveu todos os alunos da Instituição.  "Tivemos o concurso de música, oficinas de confecção de fantasias e máscaras, enfim, exploramos esse tema de forma que hoje é muito gratificante para nós, professores, e acredito que também para os alunos, estarmos todos aqui nesta festa maravilhosa", concluiu a professora.

De acordo com a organizacão do carnaval, para o ano que vem a Direção-Geral do IBC vai tentar obter uma autorização para que o bloco do Instituto possa ir para a rua com toda segurança.

Samba-enredo

Confira abaixo a letra de " Valorização dos Cegos no Brasil", o samba-enredo do bloco "O que os olhos não veem o carnaval sente", composto por Felipe Alexandre.

Eu quero ver

O amor florescer

Ser diferente é normal

E o IBC taí

Pra levantar seu astral

Se liga no meu carnaval

E o IBC...

IBC vem pedir respeito ô ô ô

Temer, tem que olhar de outro jeito

Quem nasceu diferente, quem venceu preconceito

O seu Ministro tem que respeitar

Valorizar a inclusão, diferença social pra quê?

A educação inclusiva está só pra inglês ver.

Abram os olhos meus amigos

Isso não pode acontecer

Nesse mundo onde tudo é relativo

O IBC é meu motivo (2x)

Meu maior prazer!

ÔÔÔ A história do cego mudou (2x)

Com os pontinhos em relevo, o Braile ele inventou

No império surgiu a primeira classe para cegos do Brasil.

Veja as fotos do desfile aqui

registrado em:
Assunto(s): carnaval , samba , IBC
Fim do conteúdo da página